quarta-feira, janeiro 16

Quinoa: super alimento


A Quinoa (Chenopodium quinoa Willd.) é uma planta nativa da Colômbia, Peru e Chile que produz um grão indispensável à alimentação e à vida do homem no altiplano andino.
Após a invasão espanhola, os alimentos autóctones, como a quinoa, o amaranto e a maca caíram em desuso e foram substituídos pelos grãos consumidos na Europa, como o trigo e a cevada.
Porém, os agricultores andinos conservaram as sementes e continuaram com os seus cultivos em pequenas parcelas de terra, sabendo da enorme riqueza que encerra a quinoa.
Apenas no último terço do século XXé que os bolivianos redescobriram o valor do grão. A partir de estudos científicos e da melhoria de algumas variedades – como a quinoa “sajama” – verificou-se uma grande expansão, tanto do seu cultivo como do seu consumo.
A quinoa foi qualificada como o melhor alimento de origem vegetal para consumo humano pela Academia de Ciências dos Estados Unidos pelo seu extraordinário valor nutritivo — comparando-se apenas ao leite materno em valor proteíco.
Ao contrário do trigo, a quinoa não contém glúten sendo uma óptima alternativa para o regime alimentar na alimentação dos celíacos (pessoas com intolerância ou alergia ao glúten).
A quinoa pode ser encontrada na forma de grãos, farinha e flocos. Os grãos são arredondados e sua textura é macia.
Propriedades da Quinoa
Fonte de aminoácidos. Possui todos os aminoácidos necessários ao nosso organismo, inclusive aqueles que o organismo não fabrica naturalmente.
Fonte de proteínas de alta qualidade.
Contém vitaminas A, B1, B2, B3, B6, C e E.
Possui minerais como ferro, fósforo, cálcio, magnésio, potássio, zinco e manganês.
Alto valor energético, pouca gordura e grande quantidade de fibras.
Rica em ômega 3 e 6.
Possui fitoestrógenos, substâncias naturais similares à acção de certas hormonas, ajudando a amenizar os sintomas da TPM e da menopausa.
Benefícios da Quinoa
A quinoa age na prevenção de enfermidades crónicas, como a osteoporose, doenças do coração e outras alterações femininas decorrentes da carência de estrogenos na menopausa.
O consumo regular de quinoa ajuda a combater anemias, problemas urinários, tuberculose e doenças do fígado. Actua também na redução de danos gastrointestinais, na integridade do sistema imunitário, na regulação das funções cardiovasculares, nos processos de cicatrização e como normalizador da próstata e órgãos reprodutores masculinos.
O alimento é especialmente útil às crianças, pois contém lisina, um componente relacionado ao desenvolvimento da inteligência, da rapidez de reflexos e de outras funções como a memória e a aprendizagem.
A quinoa ajuda os atletas na recuperação das fibras musculares, é de fácil digestão e contém pouco colesterol e gordura — perfeito para quem faz exercícios físicos.

1 comentário:

  1. Boa tarde, onde posso encontrar a quinoa à venda?

    ResponderEliminar